29.7.15

Lista de Desejos




Certa vez em um dos meus aniversários fui questionado sobre os meus desejos para o futuro e expectativas para a nova idade. Na hora meio que automático dei uma dessas respostas clichês do tipo: “paz, saúde e dinheiro no bolso”. Mas a verdade é que não eram só esses os meus anseios e isso ficou martelando em mim dias, meses, horas e entendi que minha capacidade de desejar estava além daquela reposta de frases feitas. Então decidi fazer uma lista de desejos.

Desejo que o meu astral domine o mundo, que as pessoas sejam atraídas unicamente pelo que eu sou não pelo que eu posso oferecer e que tudo o que for negativo, falso, medíocre e superficial saia da minha vida naturalmente. Desejo estampar o mundo de forma colorida com as cores mais intensas e esbarrar nos amigos mais camaradas que existirem. Desejo as coisas mais simples, todas as alegrias que eu puder sorrir, as músicas que me façam dançar e tudo isso ao mesmo tempo em um dia ensolarado. Desejo para mim tudo do bem e que minha sintonia com a vida seja sempre assim de querer sempre mais.

Desejo o amor mais bonito que puder encontrar, que fale e ouça o meu olhar em uma sintonia telepática, que seja diferente de um jeito que eu ache perfeito, algo fora do comum, que a gente se complete e que seja tudo o que faltava na vida um do outro. Desejo mãos que se encontram, abraços que se sentem, frio na barriga, coisas em comum, coração acelerado, olhar distante e o inevitável. Desejo uma jornada de mãos dadas e momentos registrados na mente e no coração.

Desejo sentir o gosto salgado do mar e mergulhar na imensidão da sua textura azul. Desejo novos ventos, colheitas abundantes, um monte de novidade e um novo modo de pensar. Desejo não apenas novos lugares para conhecer mas os mais impressionantes que o mundo puder me mostrar. Desejo soluções simples para grandes problemas e que minhas urgências sejam saciadas. Desejo que ao invés de me aceitar como eu sou que eu possa descobrir ao longo da vida que eu posso ser muito melhor.

Cada desejo desses são razões suficientes para uma vida inteira e se eu eu pudesse enviar uma mensagem pra mim mesmo ao realizar cada um deles no futuro o normal seria que eu dissesse: “nunca mude e continue a ser essa pessoa incrível que tem fome e sede de desejar”, mas na verdade eu diria: “continue mudando porque assim você continua mudando a minha vida. Viva cada vez mais e cada vez de um jeito diferente”.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Grato, caro Natan!
    Também eu desejo o mesmo, para mim e para tod@s!
    abraço,
    Rubens

    ResponderExcluir
  2. Meu caro jornalista, Natan!

    Muito encantado fiquei com todos os seus propósitos e desejos mil.

    De cá do Atlântico, ficarei vibrando pra que vc realize todos os seus desejos quê, a bem da verdade, deveria ser o desejo de todos os jovens de sua idade, dado a sede de exercitar, verdades incontestes.

    Parabéns pelo intento!

    Salvo engano a maioria dos jovens de sua idade está exatamente desejando as frases feitas, por se fazer menos esforço, ate mesmo ao pronunciá-las.

    Um abraço,
    Bottary

    ResponderExcluir


Layout exclusivo do blog - Pensamentos Soltos | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©