16.11.13

Carta de boas-vindas



Murilo, você nasceu na noite de um começo de semana comum gerando em sua família alegria, expectativa e apreensão pela demora. Vindo de Deus, contrariando todos os diagnósticos de derrota e inaugurando um novo tempo na vida dos que te amam e dos que ainda esperam por ter conhecer você chegou trazendo felicidade e um novo amor.

Antes de qualquer coisa é importante dizer que você foi gerado por pessoas capazes de te darem muito amor e ensinarem princípios fundamentais para sobreviver aqui fora. Um pai matemático e calculista que te ensinará muito sobre os números e sobre a vida, uma mãe psicóloga e dedicada, que te explicará sobre os sonhos e do que as mulheres gostam. Eles se prepararam nove meses especialmente pra te conhecer de perto e entender suas particularidades, procure retribuir ao máximo toda essa dedicação.

Quanto ao resto da família, prefiro que você descubra sozinho a loucura que são as reuniões e confraternizações em grupo (risos), mas uma coisa posso garantir seremos cúmplices de uma longa jornada onde teremos muitas alegrias.

Essa saudade que provavelmente você já deve estar sentindo do silêncio uterino é normal e te surpreenderá por alguns momentos na vida mas você acaba acostumando e entendendo que aqui fora é tudo misturado e barulhento mesmo. 

Enfim, você é o novo participante do mundo busque sua forma de ser feliz e não desperdice as chances. Seja forte, corajoso e grato porque nascer é um privilégio.  Antes de mais nada seja bem vindo!

Layout exclusivo do blog - Pensamentos Soltos | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©