21.11.12

Rabiscando Recordações



Saudade do que vivemos, de toda insanidade correspondida, das horas juntos, de te ouvir cantar e as vezes sem refúgio me abraçar, da cumplicidade dos dias e até das reclamações, dramas e repetições que as outras nunca saberão imitar e entender as minhas. Talvez seja isso, somos dois chatos que se identificam e se entendem.

Saudade dos fins de tarde, de presenciar a tua visão de futuro tão cheia de sonhos e planos mirabolantes, da nossa observação tão minuciosa e inconsequente do cotidiano  diferente do nosso. Das farras que fazíamos com nossas próprias impressões de mundo. Saudade dos contextos e panos de fundo que nos cercavam motivo de tantas risadas.

Saudade sobre tudo, da nossa autossuficiência em nos divertirmos sem precisar de muito dinheiro, palácios ou diamantes apenas de uma quantidade abundante de afeto, reciprocidade de sentimento e da amizade que juntos cultivamos e nela podíamos passar dias conversando.  Quero me lembrar dos verões, das canções e das lições que me ensinou.

Fico feliz em saber que nada disso se perdeu, em poder me refugiar nessas lembranças tão gostosas onde sorrimos e choramos de felicidade e a cada reencontro me certificar de que foi válido construir o que a distancia nunca pode nos roubar: essa tal cumplicidade e a vivência de anos indissolúvel.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Simplesmente LINDO!
    reciprocidade - cumplicidade - vivência - indissolúvel •Amo essas palavras!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado. De fato são palavras de muito bom gosto :)

    ResponderExcluir
  3. Olá , voce escreve maravilhosamente bem, faça uma visita no meu blog

    http://afacedosilencio.blogspot.com

    deixe criticas, sugestões, mas por favor não deixe de visitar

    Até Mais. Boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. ADOREI!!!!esse post tocou meu coração, viu?!! =-] fiquei lembrando tbm de uma amizade assim, do começo do ensino médio (2003).. como era bom poder viver tudo aquilo.. agora a vida é tao corrida, tao cheia de pressa e desencontro.. entao, haja lembrança pra suportar esses dias cinzas!

    ResponderExcluir


Layout exclusivo do blog - Pensamentos Soltos | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©