21.5.12

Desejo Para Hoje



Para hoje eu queria seus abraços afetuosos e protetores, que me guardam do mundo. Queria sentir sua preocupação inocente com minhas bobeiras e ouvir seus conselhos de quem só  me deseja o bem, de quem só torce pra me ver feliz de verdade, sem falsidade. Queria seus sentimentos sinceros que pedem para a vida cuidar de mim embora eu saiba que eles estão aqui.
Para hoje eu queria nossas conversas bobas sobre a vida, sobre o tempo, sobre o que estamos lendo. Algum papo filosófico que nos faça dizer nosso entendimento sobre a razão de existirmos ou sobre qualquer coisa do cotidiano mesmo. Queria nossas tardes descontraídas em algum ponto turístico da cidade que nos faz sempre rir de alguma situação.
Para hoje eu queria seus dramas de novela mexicana tão destinados a me mostrar seus exageros. Eu confesso que sempre acredito neles mas prefiro manter o ar distante e fingir que não me atingiram.
Para hoje eu queria suas crises, não de choro, nem existenciais, mas aquelas crises de riso que me contagiam que gritam ao mundo a beleza da sua alma, a beleza do seu sorriso e no meio delas te ouvir dizer: "- meu riso é tão feliz contigo". 
Para hoje eu queria nosso tão sonhado, idealizado  passeio de carro pela cidade sem destino certo. Nossa viagem pela estrada, pelo mundo, pelo infinito, pelos horizontes bonitos que é onde a gente acredita que se esconde a felicidade.
Para hoje eu queria a nossa amizade sem cobranças, sem julgamentos, de qualquer momento,  que nos guarda, nos alegra e nos trouxe até aqui, reservada apenas aos amigos que enfrentaram juntos, com solidez as tempestades da vida, que são testemunhas do passado um do outro. Preciso te ver, preciso de você hoje. 

Comente com o Facebook:

5 comentários:


Layout exclusivo do blog - Pensamentos Soltos | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©