18.12.12

Viver




Por todos os investimentos que fazemos na vida ela precisa valer a pena, precisa corresponder as expectativas. Por tudo que renunciamos em busca de um objetivo ele precisa suprir o que foi perdido  e não deixar lacunas abertas. Por todo o risco que corremos de sermos infelizes e de sermos propagadores de infelicidade a felicidade precisa vir ao nosso encontro nem que seja por um instante, precisamos senti-la de perto, de peito aberto.

Por todos os sorrisos gastos, a cumplicidade das ótimas companhias, os medos vencidos, pelas noites frias que se achou quentura, pelas boas causas e canções que compreenderam sensações e arrancaram lágrimas de nós, pelo ar que entra pelos pulmões e o sangue que passeia pelo seu corpo e te faz sentir vivo. Pelos bons fluidos, por toda bondade e privilégios que possamos ter alcançado já valeu a pena existir. Agradeça por isso, por estar aí no lugar que conquistou lembrando sempre que o melhor está por vir.

27.11.12

Deus Inefável



Tentei te expressar com adjetivos mas não os achei suficientes para tamanha grandeza. Investiguei em todos os idiomas para te exprimir mas ainda assim não bastaram nem alcançaram tua beleza. Tentei te medir com a imensidão do céu e o infinito do mar contudo não atingiram tuas medidas. Busquei no horizonte inspiração para te surpreender mas lembrei que toda inspiração vem de ti e antes que me venham as palavras tu já sabes.

Nem se usasse todos os recursos da ciência chegaria a exatidão de quem tu és porque teus pesamentos são maiores que os meus e a tua loucura é mais sábia do que a minha sensatez.

Percebi que dizer que és grande é máximo de entendimento que posso chegar para dizer o mínimo que és. Do crente ao ateu, do gentio ao judeu ninguém explica Deus

21.11.12

Rabiscando Recordações



Saudade do que vivemos, de toda insanidade correspondida, das horas juntos, de te ouvir cantar e as vezes sem refúgio me abraçar, da cumplicidade dos dias e até das reclamações, dramas e repetições que as outras nunca saberão imitar e entender as minhas. Talvez seja isso, somos dois chatos que se identificam e se entendem.

Saudade dos fins de tarde, de presenciar a tua visão de futuro tão cheia de sonhos e planos mirabolantes, da nossa observação tão minuciosa e inconsequente do cotidiano  diferente do nosso. Das farras que fazíamos com nossas próprias impressões de mundo. Saudade dos contextos e panos de fundo que nos cercavam motivo de tantas risadas.

Saudade sobre tudo, da nossa autossuficiência em nos divertirmos sem precisar de muito dinheiro, palácios ou diamantes apenas de uma quantidade abundante de afeto, reciprocidade de sentimento e da amizade que juntos cultivamos e nela podíamos passar dias conversando.  Quero me lembrar dos verões, das canções e das lições que me ensinou.

Fico feliz em saber que nada disso se perdeu, em poder me refugiar nessas lembranças tão gostosas onde sorrimos e choramos de felicidade e a cada reencontro me certificar de que foi válido construir o que a distancia nunca pode nos roubar: essa tal cumplicidade e a vivência de anos indissolúvel.

4.10.12

Passagem de aniversário


Fazer aniversário é sentir-se mais velho, mais experiente, com mais histórias pra contar  e também com perspectivas restauradas, expectativas maiores, as melhores intenções possíveis pelo que está por vir. Cresci com todas as experiências que me foram concedidas, passei as fases, modifiquei cenários e substituí personagens que não contribuíram para o enredo, que não couberam no contexto. Sofri por todas as perdas e ilusões. Ganhei, achei, cansei, vivi. Hoje vivo mais um 04 de outubro para me envelhecer e me modificar.

O que se destaca em mim é um enorme sentimento de gratidão a Deus pelo caminho percorrido e consequentemente por todas as pessoas maravilhosas e essenciais que passaram por mim e que vieram como presentes. Posso dizer que foram memoráveis os anos e essas pessoas que me fizeram chegar até aqui. Deus é o dono do tempo e fez cada uma chegar no momento certo e agregar experiências. 

Obrigado aos amigos pela paciência, inconsequência, horas de riso, companhia agradável e abraços afetuosos. Obrigado a família pelas reuniões loucas, gargalhadas soltas, pela base, reconhecimento e apoio que sempre me deram.
Sou grato pelos privilégios e bênçãos que me alcançam. 
 
Não tenho  mais as bochechas fofas, os amigos imaginários mas cada objetivo alcançado ainda é comemorado como se fosse o último e a minha ansiedade é de quando tinha 10 anos. Passar pela vida como um colecionador de boas histórias e dias felizes ainda faz parte dos meus planos.




18.9.12

Tudo que eu queria te dizer




Te procurei hoje cedo por não suportar mais me esconder atrás de declarações que não queria te ver, que te detestava e que já era página virada em minha vida. Te procurei, por incompetência em lidar com um sentimento tão maior que as minhas forças.

Precisava te ver na esperança boba de reviver os velhos tempos, de nos ver compartilhando sonhos, fazendo planos ou te convencer que daríamos certo. Fui e me arrependi, mas fui porque precisava ir. Fui e tudo que recebi foram tuas palavras grossas, tua indiferença que mata e a frieza de quem se esconde atrás de uma dor, de um desamor.

Chorei por tudo, porque me vi mendigando afeto e logo de você que é tão pobre nisso. Chorei pela saudade e pela dor, por estar ali descomposto na sua frente e você não se importar. Chorei não por drama mas porque carrego uma fratura por dentro do peito que você causou. Chorei por mim e por toda a ilusão que carrego a nosso respeito, chorei por arrependimento e frustração. Enquanto você não vem me embriago de ilusões.



20.8.12

Do que sou composto




Fui fabricado sem manual de instruções e as vezes dou defeito porque vivo em um mundo defeituoso. Na minha fórmula contém medos e hesitações mas existem também doses de obstinação, alegrias e olhares que dizem. Sou esse infinito todo de “pensamentos soltos traduzidos em palavras pra que você possa entender o que eu também não entendo”.

Sou feito de sentimentos diversos, amanhãs fantasiosos, sonhos maiores que eu, de caminhos incertos e pegadas na areia. Me construíram com oscilações, variações de humor e vontade de sumir. Sou minhas brigas inconsequentes, meus rompantes insanos, minha docilidade branda, meus poemas, versos e rimas. Sou cada paragrafo que leio e me identifico, as músicas que me traduzem, os lugares que ainda não conheci e os pés cansados que insistem em caminhar. 

Já me refugiei em lembranças, renovei conceitos, superei crises, reclamei do que não devia, gerei lágrimas e sorrisos com palavras simples, aliás, palavras são ótimos antidepressivos, acreditem. O que fica de tudo isso é sempre bom e duradouro. 

Sou minhas abstinências, erros, acertos, atribuições, ações e reações. Sou uma complexidade ambulante que não necessariamente precisa ser entendida mas que de alguma forma precisa questionar  e insistir no que é novo. 



12.8.12

Agradecimento de filho


Obrigado pelos genes compatíveis, pelas características excêntricas que eu só podia ter herdado de você, por ter ficado com os olhos questionadores, o bom gosto e o ar sonhador que te lembram tua juventude.
Agradeço pelas noites mal dormidas, por participar da criação de tantos filhos e não abandonar o barco nem a companheira. Pelos anos de dedicação e trabalho priorizando sempre nossa educação. Obrigado por ter construído uma família feliz, apesar de tudo, e abastecida com teus ensinamentos austeros, cordiais e condescendentes. Obrigado por ter escolhido a mãe certa para uma grande família e principalmente por fazê-la feliz por tanto tempo. 
Obrigado por ainda me ensinar a dar nó em gravata, por ainda me alertar sobre  a vida e os perigos do mundo, por ainda lutar pelo que acredita e me influenciar para isso. Obrigado pelas lições diárias de honestidade e caráter.
Obrigado por nos ensinar Deus e a verdade Dele, pelos preceitos e valores transmitidos, pela conduta correta e por sempre frisar que é possível vencer sem tomar o que é dos outros nem pisar em ninguém. Obrigado pelas maluquices , pelo ar engraçado e pela sinceridade com que trata o mundo.
Enfim, obrigado por todos os obrigados contidos nesse texto, porque em uma geração tão corrompida e onde o parricídio se tornou prática quase comum, eu estou aqui te agradecendo pela criação a moda antiga que fez toda diferença hoje em dia. Antes de mais nada Feliz Dia Dos Pais!

9.8.12

Divagações


Não quero a contagem das horas me lembrando meus atrasos, minhas obrigações e afazeres. Não busco a pressa, a mesmice, nem a monotonia do cotidiano que me aprisiona. Não quero mais um dia, quero exceção, quero pelo menos hoje, minto pelo menos sempre, o inédito da vida. Quero por em prática as coisas loucas, boas, saudáveis e inconsequentes que aprendi nos discos filmes e livros. Quero certeza nas decisões, a compreensão da essência da vida, dos meus dias, de mim mesmo. Procuro um olhar que veja o meu perdido e o acolha. Quero sair pelo incerto, pelo que ainda não foi contaminado pelos padrões do "mundinho perfeito" lá fora. Busco além desse parágrafo, além da linha do horizontes e do que meus olhos podem alcançar. Quero tanto que nem sei explicar. Existem coisas que não podem nem precisam ser ditas, existem pessoas que esperam por me conhecer. Preciso sair sem rumo, deixar a rua me levar, só hoje quero dormir sem palavras.

11.6.12

Necessidade de Deus



Preciso de sucesso, vínculos, sentimentos, sinceridade, fraternidade. Preciso de equilíbrio, êxito, segurança, alegria, dias bons, pensamento positivo. Preciso de amigos com quem possa contar, pessoas que me amem de verdade. Preciso do nascer do sol em minha janela, de nostalgia, de consolo, comida, felicidade, abraço, boas vibrações. Preciso de sonhos, amores,  acompanhantes, objetivos. Preciso de bons filmes, bons livros, as melhores emoções, alguns bordões e inspiração. Preciso acordar sentindo a vida, a liberdade, oxigênio. Preciso de felicidade, dinheiro, sorte, oportunidade e ideias brilhantes.
Porém, sobre todo isso há uma necessidade maior, mais urgente e desesperada, há dentro de mim uma alma que precisa de Deus. Porque sem Ele nenhum precisar faria sentido, não valeria a pena existir. 

Preciso da solidez de suas palavras, do seu amor que não falha e da graça que se derrama sobre mim. Preciso de horas em sua presença, de seu olhar que me conhece e me reconhece no meio de uma multidão. Preciso do seu colo de pai, seu carinho e cumplicidade de amigo e da sombra que faz as suas asas. Preciso de uma interação maior com os seus propósitos para minha vida, preciso das promessas que me abrangem, senti-lo envolto em meu existir e preciso dessas necessidade para viver.



21.5.12

Desejo Para Hoje



Para hoje eu queria seus abraços afetuosos e protetores, que me guardam do mundo. Queria sentir sua preocupação inocente com minhas bobeiras e ouvir seus conselhos de quem só  me deseja o bem, de quem só torce pra me ver feliz de verdade, sem falsidade. Queria seus sentimentos sinceros que pedem para a vida cuidar de mim embora eu saiba que eles estão aqui.
Para hoje eu queria nossas conversas bobas sobre a vida, sobre o tempo, sobre o que estamos lendo. Algum papo filosófico que nos faça dizer nosso entendimento sobre a razão de existirmos ou sobre qualquer coisa do cotidiano mesmo. Queria nossas tardes descontraídas em algum ponto turístico da cidade que nos faz sempre rir de alguma situação.
Para hoje eu queria seus dramas de novela mexicana tão destinados a me mostrar seus exageros. Eu confesso que sempre acredito neles mas prefiro manter o ar distante e fingir que não me atingiram.
Para hoje eu queria suas crises, não de choro, nem existenciais, mas aquelas crises de riso que me contagiam que gritam ao mundo a beleza da sua alma, a beleza do seu sorriso e no meio delas te ouvir dizer: "- meu riso é tão feliz contigo". 
Para hoje eu queria nosso tão sonhado, idealizado  passeio de carro pela cidade sem destino certo. Nossa viagem pela estrada, pelo mundo, pelo infinito, pelos horizontes bonitos que é onde a gente acredita que se esconde a felicidade.
Para hoje eu queria a nossa amizade sem cobranças, sem julgamentos, de qualquer momento,  que nos guarda, nos alegra e nos trouxe até aqui, reservada apenas aos amigos que enfrentaram juntos, com solidez as tempestades da vida, que são testemunhas do passado um do outro. Preciso te ver, preciso de você hoje. 

16.5.12

Biografia




Negue-se a viver o que não te faz feliz, não causa emoção e não te faz questionar a vida. Procure agregar dentro de si o melhor que encontrar do lado de fora, traga para sua biografia histórias que levem aos extremos, que façam emocionar e alegrar ao mesmo tempo. Usurpe da sua existência sem medo o que for mais interessante, o que houver de mais instigante.

A trilha sonora é geralmente dividida por idade ou melhor por fases porque nem todo dia somos os mesmos de ontem, nem todo dia sentimos igual. Dê preferência às músicas que te façam excursionar a vida em três, quatro, ou mais de cinco minutos. Aquelas que dizem de você, que contam seus sentimentos de maneira curiosa.

Seja seletivo no elenco. Opte por quem demonstra sentimento verdadeiro por certo aparecerão irmãos, parceiros, companheiros. Inadequados são os que não saibam sonhar, que não consigam te desvendar, que desconheçam o verbo amar, que sejam comuns demais para te acompanhar.

E por via das dúvidas, tenha fé em  Deus, que mal não faz.



Natan Gaia

10.5.12

Primeiras Horas


São as primeiras horas de mais um dia incerto e eu só espero que seja válido, que seja lindo, que seja memorável. São minhas primeiras linhas aqui descritas, talvez incertas, insanas e desesperadas. É mais um dia onde deposito um turbilhão de expectativas.

São as primeiras horas desse dia qualquer do calendário e quanta gente já morreu, quanta gente já nasceu, quanta gente mudou, quanta coisa aconteceu.

São as primeiras horas desse dia e eu divido as minhas com Deus, com vocês. São as primeiras horas de mais um dia e eu aqui tentando prever as últimas. 

27.4.12

Déjà vu




Músicas, cheiros, gostos e fotografias são artifícios mágicos que nos geram lembranças, nos fazem reviver épocas e voltar ao passado. Não precisa ser bruxo, nem ter máquina do tempo, basta um pouco de sensibilidade e os sentidos funcionando.


18.4.12

Mais Chegados



Amizade é um sentimento genuíno capaz de unir duas ou mais pessoas que talvez nunca se encontrariam, é felicidade a dois, três, quatro, ou quantos couberem, é uma química perfeita entre almas irmãs que se identificam e se reconhecem fazendo nascer assim a categoria essencial para uma ótima  existência, os amigos.  
Platão define amizade como: "uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro." Drummond diz que "é um meio de nos isolarmos da humanidade cultivando algumas pessoas." Já  George Eliot é preciso ao dizer que "a amizade é o conforto indescritível de nos sentirmos seguros com uma pessoa, sem ser preciso pesar o que se pensa, nem medir o que se diz."

Amigos são presentes que a vida concede para o nosso entretenimento, para que vive-la não seja entediante, frustrante, traumático porém amigo de verdade é edição limitada.

Pode ser de um mês, um ano, de uma vida inteira aos amigos verdadeiros estão reservadas as melhores conversas, por mais bobas que sejam, os piores apelidos,por mais ridículos que pareçam, os maiores segredos e gargalhadas. Com eles podemos deixar de ser a pessoa pública e sermos apenas quem somos, sabem lidar com nossos defeitos e aproveitam nossas qualidades. Podem ficar tempos sem nos verem mas quando nos reencontram vem à tona a mesma intimidade de antes. Amigos  verdadeiros sabem dividir também as infelicidades, nos emprestam o ombro, conselhos e ajudam a reerguer nosso mundo caído quando necessário.

Enfim, viva os amigos que nos proporcionam dias melhores e conseguem enfeitar nossos rostos com alegria junto deles só nos resta viver.

Alicerce



Família é a base de qualquer pessoa. É onde se aprende não só os primeiros passos mas as primeiras lições de vida, é refúgio quando o mundo se torna sem graça ou perigoso, é proteção quando nos sentimos ameaçados, mas antes de tudo é o reflexo de quem somos , somos sua  essência.  E não há nada que nos faça sentir tão bem quanto a nossa família.
Mais que uma organização de pessoas que ocupam o mesmo espaço família é vinculo, é companheirismo, é  afetividade , amor de verdade e ainda um memorial onde está contida toda a nossa infância, lembranças, toda a nossa história. As brigas, confusões e maluquices fazem parte disso, afinal, de perto nenhuma família é normal.
Agregados, cachorro, papagaio, periquito, biológica ou de criação, grande ou pequena, não importa, família é o chão sobre o qual a gente sabe que pode caminhar, é o aconchego que sempre vamos achar.
Essa entidade que é tema de músicas, poemas, crônicas e livros merece ser preservada contra as ameaças da modernidade. Vida longa a esse mundo particular que nos contém e nos intretém.
NATAN GAIA

Layout exclusivo do blog - Pensamentos Soltos | Feito por: Alice Grunewald | Tecnologia do Blogger | Cópia total ou parcial é proíbida ©